Rtp ⸱ 3d atrás ⸱ Abrir

Um homem acusado da morte da jornalista Caruana Galizia foi condenado a 15 anos de prisão.


A pena foi atenuada depois de o homem aceitar a responsabilidade do atentado que matou a jornalista e de ter denunciado quem mandou matar Galizia, a jornalista que investigava casos de corrupção em Malta.

A jornalista Ana Jordão dá conta de decisão da justiça e recorda este caso.