Notícias ao Minuto ⸱ 2mês atrás ⸱ Abrir

O grupo espanhol DIA, dono do Minipreço, concluiu hoje o processo de aumento de capital em 1.028 milhões de euros, com o apoio maioritário dos acionistas, uma operação que acelerará o plano de transformação da rede de supermercados.


"O término com sucesso do aumento de capital demonstra, de forma clara, a confiança que o projeto do Grupo DIA está a criar em todos os seus grupos de interesse. [...] A companhia poderá, agora, centrar-se de forma exclusiva no desenvolvimento do seu negócio que já iniciou e que já começou a dar os seus frutos", disse o presidente executivo do grupo DIA, Stephan DuCharme, citado em comunicado.

Stephan DuCharme agradeceu o apoio de todos os acionistas, incluindo dos novos investidores, especialmente na segunda tranche, de 259 milhões de euros.

Segundo o comunicado do grupo DIA, foram subscritas a totalidade das 12.927.555.100 novas ações.

Dos 1.028 milhões de euros, 769 milhões de euros correspondem à conversão por parte da LetterOne de dívida da companhia em fundos próprios.

O grupo DIA lembra que "a procura da tranche monetária superou em 1,67 vezes a oferta das novas ações oferecidas", representado uma procura total de cerca de 433 milhões de euros.

"A operação dota a companhia de uma estrutura de capital ótima, pressupõe uma nova injeção de liquidez que acelerará o processo de transformação do Grupo DIA e elimina a situação de património líquido negativo em que se encontrava a companhia evitando, desta forma, que incorra em causa legal de dissolução", acrescenta.

Leia Também: Mercadona abre hoje as portas ao 23.º supermercado em Portugal