Notícias ao Minuto ⸱ 11d atrás ⸱ Abrir

Pelo menos três pessoas, incluindo o suspeito, morreram.


Um homem entrou, no sábado, numa loja de venda de armas, em Jefferson Parish, nos EUA, e disparou indiscriminadamente contra um empregado e um cliente.

Ao que reporta o New York Times, o homem terá entrado na loja com o intuito de comprar munições. Um dos funcionários do estabelecimento terá dado conta de que o homem se apresentava com uma arma carregada e avisou-o de que não poderia estar na loja com uma arma carregada. O suspeito - Joshua Williams - terá ignorado os avisos, por várias vezes, até que começou a disparar contra os que se encontravam no interior do estabelecimento.

O suspeito matou duas pessoas -Veronica Billiot, de 59 anos, cliente da loja, e o funcionário Noah Fischbach, de 47 anos. Ao sair da loja, cruzou-se com outros funcionários e, numa troca de tiros, acabou por ser fatalmente alvejado no parque de estacionamento.

A polícia acaba de partilhar imagens do desacato e o xerife Joseph Lopinto acredita que a intenção de Williams era alvejar mais pessoas, só que ficou sem munições na arma.

Leia Também: Um morto e quatro feridos em tiroteio no Missouri

Mundo ⸱ EUA