Observador 9 meses atrás Abrir

Manuel Ramos Soares é contra a extinção do Tribunal Central de Instrução Criminal, defende os instrumentos de justiça negociada e diz que um tribunal julgamento para os grandes casos merece reflexão.


Ler a notícia no jornal