Sol ⸱ 11d atrás ⸱ Abrir

O técnico português vai abandonar o comando da equipa no final desta temporada.


A AS Roma oficializou, nesta terça-feira, a demissão de Paulo Fonseca, o técnico português que está na equipa desde 2019.

"Nos últimos dois anos, vivemos vários altos e baixos, mas dei sempre tudo por este clube e por esta cidade. Uma cidade que foi sempre muito acolhedora”, reagiu Fonseca após o anúncio da demissão, aproveitando ainda para “agradecer aos adeptos da AS Roma, a todos com quem trabalhámos em Trigoria, aos jogadores e a todos aqueles que nos ajudaram durante esta jornada, em particular a Dan e Ryan Friedkin, pelo apoio contínuo desde que chegaram, e ao Tiago Pinto, um profissional incrível, a quem desejo o melhor”.

Paulo Fonseca ficará aos comandos da equipa até ao final da temporada, recordando que “ainda temos alguns jogos muito importantes pela frente que queremos vencer, e vamos continuar a dar tudo de nós para o conseguirmos”.

“Paulo liderou a equipa através de vários desafios, incluindo a pandemia de Covid e uma mudança de propriedade, e fê-lo com generosidade, correção e grande caráter. Desejamos-lhe tudo de bom para os seus compromissos futuros e estamos confiantes de que representará um valor acrescido fantástico onde quer que vá”, pode-se ler no comunicado publicado pela AS Roma.

Paulo Fonseca chegou a Roma em 2019, após uma passagem pelo Shakhtar Donetsk, o clube ucraniano com que venceu vários títulos, entre eles três campeonatos nacionais. Antes, tinha já passado pelo Sporting de Braga, Paços de Ferreira e FC Porto.

Desporto ⸱ paulo fonseca ⸱ paulo ⸱ fonseca ⸱ roma ⸱ demissao ⸱ despedido ⸱ as roma ⸱ tiago pinto

Artigos relacionados