Sapo 24 ⸱ 1y atrás ⸱ Abrir

Do teatro à música, das exposições às mostras. Esta é a agenda cultural para sábado.


Duas estreias da Companhia Nacional de Bailado, a par de espetáculos de música, teatro e cinema, foram propostas da edição deste ano do Festival Ao Largo, que se realizou no Palácio da Ajuda.

Programa:

Companhia Nacional de Bailado interpreta em estreia absoluta "Symphony of Sorrows" de Miguel Ramalho e "Algo-ritmo" de Xavier Carmo e Henriett Ventura.

21:30 - Palácio da Ajuda, em Lisboa

A mostra, organizada em parceria pelo Museu Municipal de Faro e pelo projeto MANICÓMIO, é uma exposição de arte contemporânea (pintura, escultura e cerâmica) que reflete anos de arte. O Manicómio é o primeiro espaço de criação de Arte em Portugal, onde conjuga a criação e a aproximação dos artistas residentes que experienciaram ou experienciam doença mental ao público, num único espaço de inovação e criatividade.

Até 30 de agosto.

18:00 - Museu Municipal de Faro.

Repete dia 26 de julho, em Lisboa.

21:30 - Mosteiro de Alcobaça, Cerca.

Da autoria de Maria Jesus Agra.

17:00 – Quinta da Cruz, Centro de Arte Contemporânea de Viseu.

Organizada pelo Teatro Extremo.

Até 02 de agosto.

Programa:

19:00 – Praça da República, Moita.

11:00 e 16:00 – Teatro-Estúdio António Assunção, Almada.

*Programação completa em https://www.teatroextremo.com/sementes-programacao/

De José Saramago, com encenação de Rita Lello, no âmbito de "A Barraca a Céu Aberto".

Até 16 de agosto.

17:00 – Jardim Nuno Álvares (Jardim de Santos), em Lisboa

Com a convidada, a voz dos Best Youth, Catarina Salinas.

21:30 - Centro de Artes de Águeda.

Uma criação de Inês Fouto e Osvaldo Maggi, encenação de Osvaldo Maggi e interpretação de Inês Fouto.

16:00 - Casa do Coreto.

O Avanca é uma organização Cine-Clube de Avanca e Município de Estarreja, com o apoio do ICA / Ministério da Cultura, do IPDJ, da CIRA, da Junta de Freguesia de Avanca, do Agrupamento Escolar de Estarreja, da Escola Egas Moniz, da Paróquia e das Associações de Avanca, contando ainda com o apoio de várias universidades e escolas de ensino superior do país, empresas e outras instituições da região.

O último dia conta com a atuação de Nuno Norte, o vencedor do “Ídolos” da SIC e um dos protagonistas do filme de Luís Moya.

18:00 - Apresentação do livro “Federico Fellini, a inevitabilidade da arte” da autoria de Anabela Branco de Oliveira.

Espaço exterior da Escola Egas Moniz de Avanca.

O Centro Cultural de Belém assinala este verão com uma programação ao ar livre.

Até 26 de julho.

Programa:

10:00 - Yoga (Jardim das Oliveiras);

11:30 - Showcooking (Jardim da Pedra);

11:00/14:00/15:30/17:00 - Jardins abertos;

21:30 - Concerto dos Keep Razors Sharp (Praça CCB).

Tim apresenta-se em nome individual com o álbum “20 – 20 – 20”.

22:00 - Parque do Palácio da Galeria.

O ciclo celebra o 100.º aniversário de Amália Rodrigues com o apoio da Fundação Amália Rodrigues. O programa inclui concertos das fadistas Sandra Correia, Célia Leiria, e Joana Amendoeira, acompanhadas por Pedro Amendoeira na guitarra portuguesa, e por Ivan Cardoso e Pedro Soares na viola de fado.

Prossegue dia 29 de julho.

18:00 - Concerto de Célia Leiria.

Lounge D do Casino Estoril.

Uma exposição coletiva com trabalhos inéditos de nove artistas que abordam o impacto da pandemia na vivência do espaço e nas relações.

“Fazer de casa labirinto” é o resultado de um projeto transdisciplinar com curadoria de Ana Cristina Cachola e Sérgio Fazenda Rodrigues. Em exposição estão trabalhos de pintura, fotografia, instalação e performance da autoria de Carla Cabanas, Fernão Cruz, Gisela Casimiro, Henrique Pavão, Horácio Frutuoso, Mané Pacheco, Nuno Nunes-Ferreira, Sara Mealha, e Susana Mendes Silva. "Fazer de casa labirinto" será vertida em livro a lançar em setembro.

O projeto é promovido pela galeria Balcony e conta com o financiamento do Fundo de Emergência Social da Câmara Municipal de Lisboa.

Patente até 16 de setembro.

14:00/19:00 - Galeria Balcony (rua Cel. Bento Roma, 12A), em Lisboa.

De Guilherme Parente, com curadoria de José Alexandre de São Marcos.

Patente até 24 de outubro.

09:30/17:00 - Galeria do Castelo de Mértola.

Evento de humor ao ar livre criado e produzido pela H2N-Phenomena Makers, com a participação em espetáculos de stand-up comedy e de conversas em dupla, de Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso, Salvador Martinha e Luana do Bem, Beatriz Gosta e Rita Blanco, Eduardo Madeira, Carlos Coutinho Vilhena, Guilherme Geirinhas e Diogo Batáguas.

Até 26 de julho.

Programa:

19:30 - Carlos Coutinho Vilhena no Recreio.

22:00 - Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso - Recreio.

Estádio do Jamor (Campo de Rugby).

O Hot Club Portugal prossegue os concertos em livestreaming - Hot@home - disponiveis na plataforma Crowdcast, podendo assim serem visualizados em diferido.

Concerto do trio formado por André Fernandes, guitarra; Nelson Cascais, contrabaixo, e Diogo Alexandre, bateria, em direto do Hot Clube a partir das 22:00.

A mostra parte da 13.ª edição da revista de arte feminista norte-americana Heresies, que em 1981 dedicou a sua edição à exploração das relações entre feminismo e ecologia. Intitulada “Earthkeeping / Earthshaking”, esta edição contou com a contribuição de autoras de várias nacionalidades, entre elas a crítica de arte Lucy Lippard, as artistas Ana Mendieta, Faith Wilding, Bonnie Ora Sherk, Cecilia Vicuña, e a escritora Gioconda Belli.

Com curadoria de Giulia Lamoni & Vanessa Badagliacca. Até 04 de outubro.

14:30/19:00 - Galerias Municipais, Galeria Quadrum.

O jovem músico açoriano apresenta o seu primeiro EP, "Saudade".

21:30 (locais, 22:30 em Lisboa) - Teatro Micaelense, Ponta Delgada.

Conjunto de oito concertos, que decorrem em Caminha e em Vila Praia de Âncora, numa iniciativa do município de Caminha.

Até 12 de setembro.

Programa:

Concerto de The Legendary Tigerman.

22:00 - Dólmen da Barrosa, Vila Praia de Âncora.

Promovido pela Câmara Municipal de Matosinhos e a Orquestra Jazz de Matosinhos, o ciclo decorreu todos os sábados de julho.

22:00 - Apresentação do filme-concerto "O Couraçado Potemkin", uma encomenda da Casa das Artes de Famalicão, estreado mundialmente em outubro de 2019 no âmbito do Observatório de Cinema Close-Up.

Praça exterior da Real Vinícola.