Not√≠cias ao Minuto ‚łĪ 6 meses atr√°s ‚łĪ Abrir

Investigadores notaram que apesar de não apresentarem sintomas, os felinos examinados detinham anticorpos do novo coronavírus SARS-CoV-2, causador da doença da Covid-19. Pensa-se que os seres humanos terão infetado os felinos com a patologia.


Investigadores da Universidade Agricultural de Huazhong, na China, afirmam, após a realização de um estudo, que afinal a Covid-19 pode infetar mais gatos do que se cria previamente.

A nova pesquisa, publicada no Emerging Microbes & Infections, e divulgada num artigo na revista Galileu, analisou amostras nasais de sangue de 102 felinos, entre os meses de janeiro e de maço deste ano.

Leia Tamb√©m: Humanos causaram 96% das extin√ß√Ķes animais em 126 mil anos, diz estudo

Amostras essas que foram retiradas de 46 gatos abandonados provenientes de três abrigos, de 41 gatos internados em cinco hospitais veterinários e de 15 animais pertencentes a famílias com doentes a sofrer de Covid-19.

Ora, segundo os investigadores, apesar de nenhum gato ter testado de facto positivo para o SARS-CoV-2 ou manifestado sintomas, 15 das amostras colectadas apresentavam anticorpos do vírus.

Sendo que, explica a revista Galileu, 11 animais de estimação possuíam nos seus pequenos organismos anticorpos neutralizantes, ou seja, proteínas associadas ao novo coronavírus e que por sua vez travam a infeção.

Entretanto, os três gatos com índices mais altos de anticorpos integravam famílias em que pelo menos um indivíduo estava doente com Covid-19. 

"Embora a infec√ß√£o em gatos de rua n√£o possa ser totalmente compreendida, √© razo√°vel especular que essas infec√ß√Ķes s√£o provavelmente devido ao contato com o ambiente polu√≠do por SARS-CoV-2 ou pessoas com¬†Covid-19¬†que os alimentem", explicou o l√≠der do estudo¬†Meilin Jin, num comunicado emitido √† imprensa.¬†

"Portanto, devem ser consideradas medidas para manter uma dist√Ęncia adequada entre os pacientes com a doen√ßa e animais de estima√ß√£o, como¬†c√£es¬†e gatos, al√©m de medidas de higiene e quarentena para os animais com alto risco", acrescentou.¬†

Ainda assim, de acordo com a Galileu, os cientistas chineses defendem a necessidade de realizar mais estudos de modo a entender a possível rede de transmissão da patologia entre seres humanos e gatos.

Leia Também: Quais são os animais mais vulneráveis à Covid-19? Estudo descobriu

Artigos relacionados