Notícias ao Minuto ⸱ 14d atrás ⸱ Abrir

As defesas aéreas sírias abateram hoje mísseis israelitas na província central de Homs, no segundo ataque de Israel esta semana, informou a agência de notícias estatal síria.


"Por volta da 1h13 da manhã (...) o inimigo israelita realizou um ataque aéreo contra várias posições na área de Qusayr, na província de Homs", escreveu a agência oficial síria SANA, citando fonte militar.

"As nossas defesas aéreas intercetaram os mísseis (...), abatendo a maior parte", acrescentou a mesma fonte, precisando que o ataque causou apenas danos materiais.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), sediado no Reino Unido, disse que os mísseis visavam posições militares de combatentes do movimento xiita libanês Hezbollah e destruir depósitos de armas.

O exército sírio reconquistou Qusayr, uma cidade estratégica perto da fronteira libanesa, em junho de 2013, após um ataque dos combatentes do Hezbollah a grupos rebeldes.

A batalha foi considerada a primeira grande vitória militar na Síria para o Hezbollah, que lutou ao lado de forças leais ao Presidente sírio, Bashar al-Assad.

Na segunda-feira, ataques israelitas mataram cinco combatentes pró-iranianos aliados ao regime de Damasco e destruíram uma base utilizada por grupos pró-iranianos e um depósito de armas próximo, na província de Alepo, no norte do país, disse o OSDH.

Desde o início da guerra civil síria, em 2011, Israel tem realizado regularmente ataques na Síria, visando principalmente as forças iranianas e do Hezbollah, bem como as tropas do Governo sírio.

Israel raramente confirma ataques na Síria, mas os militares do Estado hebraico afirmaram ter atingido cerca de 50 alvos no país, sem fornecerem pormenores.

No mês passado, ataques aéreos israelitas no centro da Síria mataram pelo menos 11 soldados e pessoal militar.

Leia Também: Fundação relança campanha de ajuda a crianças face aos efeitos da guerra

Artigos relacionados