Notícias ao Minuto ⸱ 10 meses atrás ⸱ Abrir

Fique com a antevisão do treinador do Sporting ao jogo com o Sp Braga, que está marcado para este sábado, às 19h45.


O Sporting entra este sábado novamente em campo para a final da Taça da Liga, disputada em Leiria. Os leões, depois de eliminar o FC Porto, terão pela frente o Sp. Braga, que deixou pelo caminho o Benfica.

Esta sexta-feira, Rúben Amorim e Tiago Tomás fizeram a antevisão da final marcada para as 19h45 de sábado. Fique com o essencial das palavras do técnico e do avançado do Sporting.

Tiago Tomás

Fator chave para ultrapassar Sp. Braga: Estamos motivados, como para qualquer jogo. Amanhã é uma final e ainda mais motivados estamos. Sabemos da nossa qualidade e o trabalho que vamos fazer.

Importância da presença na final: Representamos o Sporting e temos de ganhar. Amanhã não vai ser diferente.

Necessidade de mostrar serviço: A necessidade que sinto é a de dar o máximo nos treinos.

Penáltis treinados: Não foi muito treinado, mas foi treinado. Tudo pode acontecer, mas queremos ganhar nos 90 minutos e desde o primeiro minuto que vamos partir para cima do adversário.

Final da Taça da Liga e 1.º lugar nos sonhos do jogador: Quando entrei no Sporting há 7 anos isto era só um sonho. Agora é uma oportunidade e tenho de dar o meu máximo, estar focado e amanhã vai ser mais um dia para mostrar o meu valor.

Duelo com Pepe: Tem quase o dobro da minha idade e foi um grande desafio para mim, como é para qualquer jogador que defronte o Pepe.

Concorrência no ataque: Todos nós damos o nosso máximo. O Jovane entrou, marcou dois golos e estamos todos felizes por ele. A concorrência saudável só faz bem à equipa.

Elogios de Leonel Pontes: É bom ouvir isso de treinadores com quem já trabalhei, mas não me quero focar muito nisso.

Falta marcar na Taça da Liga: "Espero que amanhã possa marcar, para marcar em todas as competições.

Rúben Amorim

Diferenças do jogo para Alvalade: Não espero encontrar muitas diferenças. Talvez nos centrais da equipa do Sp. Braga, mas as ideias das equipas não têm mudado consoante os jogadores. Vai ser um jogo muito competitivo. Um golo no início do jogo pode tornar o jogo completamente diferente. Pode ter uma história completamente diferente.

Sporar e Nuno Mendes vão a jogo?: Não sei se o Sporting já lançou um comunicado ou não. Eles podem jogar agora, isso prova que estávamos a falar a verdade, é o mais importante, mas agora só terei a certeza quando eles estiverem perfilados para entrar (risos).

'Amorim time' com dois golos no final: Até o árbitro apitar há jogo. O mérito é dos jogadores, não é nada trabalhado pela equipa técnica. Por nós, marcávamos ao primeiro minuto, ao segundo e ao terceiro, e o jogo estava despachado.

Ausência da flash e da conferência após jogo com o FC Porto: Nós temos as nossas razões, sabemos que vocês [jornalistas] não têm culpa, por isso também peço desculpa, mas sentimos as coisas. Há momentos que até é bom não falar, mas não foi essa a razão porque não iria dizer nada de mais, mas entendemos que devíamos ter feito aquilo. Não quisemos deixar passar.

Mais uma presença na final da Taça da Liga a título individual: É muito importante, são momentos diferentes. Antes tinha outra pressão porque me tinha iniciado e era importante para mim, enquanto treinador, vencer aquele título. No Sporting agora a pressão é diferente, o grupo é muito jovem, é muito inexperiente nestas andanças. Não é muito comum vermos um clube grande, com todo o respeito pelo Sp. Braga que já tem uma grande história também, mas a experiência neste caso está mais do lado do adversário do que do clube grande. A nossa equipa é muito jovem, mas tem uma grande ambição. Estou mais preocupado com os meus jogadores, do que comigo. Quero muito que eles ganhem porque são muito trabalhadores. 

Treinador decisivo?: Pode ser. A estrela que eu tenho pode fazer a diferença. É um ponto a favor do Sporting. Mas tudo depende do jogo, talvez quem marque primeiro... as incidências do jogo podem mudar tudo. Em Alvalade houve um encaixe na forma de jogar, foi um jogo muito equilibrado, e acabou por sorrir à nossa equipa. 

Preocupado com arbitragem: Nada. Este é um jogo novo e estou focado no que podemos controlar. Temos de jogar bem e trazer a Taça para Alvalade.

Existe jogador de 2.ª parte ou é um termo desrespeitoso?: Não há jogadores de 2.ª parte. Temos é de ter sempre jogadores que nos podem mudar o jogo. Um dia pode ser o Jovane e noutro dia pode ser outro.  No nosso caso temos é jogadores que querem muito jogar a titulares e para o fazer têm de demonstrar naqueles 10, 20 minutos. Temos jogadores muito fortes nisso, com muita ambição e que sabem que têm de agarrar aquela oportunidade nos 10, 20 minutos, depois de dar o máximo nos treinos durante a semana.

'Estrelinha' de Amorim: Eu tenho confiança no meu trabalho. Falo na estrelinha porque a sorte tem um papel muito importante na nossa vida enquanto treinadores. Não me preocupa nada que digam que por vezes é sorte. Não tem a ver com auto-confiança. Acho que a sorte tem um papel na nossa vida. Quanto mais falo, mais tenho. Por isso até aproveito para falar nisso aqui.

Onze para amanhã: Não vou dizer a equipa do Sporting, mas o TT [Tiago Tomás] já se desmanchou um bocadinho. O TT vai jogar e o resto descobrem amanhã.