Eco ⸱ 5 meses atrás ⸱ Abrir

Estamos num mundo BANI marcado por um ambiente instável e imprevisível. Apenas as empresas com estratégias digitais de aprendizagem, adaptadas ao contexto atual, sobreviverão.


O novo mundo BANI

Nos últimos anos, as estratégias digitais estão a ganhar força em vários aspetos nas nossas vidas.

A tecnologia tomou conta da realidade diária e a COVID-19 acelerou algo que já crescia a um ritmo acelerado: a evolução das ferramentas digitais e a sua presença no nosso dia-a-dia pessoal e profissional.

O mundo VUCA (Volátil, Incerto, Complexo e Ambíguo) deu lugar a um mundo BANI – acrónimo do inglês Brittle (Frágil), Anxious (Ansioso), Nonlinear (Não linear) e Incomprehensible (Incompreensível).

Este novo contexto obrigou as empresas e profissionais a estarem preparados para atuar num ambiente instável e imprevisível. A REAGIR à nova realidade de forma muito rápida.

Neste mundo BANI não existe um modelo pré-concebido nem benchmarking. As soluções são criadas de acordo com o momento. Estar preparado para lidar com este contexto é um fator de diferenciação para profissionais e empresas.

Fortalecer as estratégias digitais

Agora, passado o período de adaptação e a mudança do olhar sobre o futuro, chegou o momento de consolidar, (re)estruturar e fortalecer as estratégias digitais implementadas nos momentos de urgência.

As organizações perceberam que muitos processos – como as reuniões virtuais – têm visíveis vantagens sobre a produtividade e, também, que as pessoas aprenderam a trabalhar à distância, sem comprometerem o desempenho e a qualidade dos resultados.

Na Blended, apesar de termos soluções para todos os momentos de aprendizagem, o nosso serviço de Elearning Pills foi muito requisitado por este mercado que estava a enfrentar as necessidades de urgência, rapidez e versatilidade causadas pela nova realidade BANI. Em alguns casos, a produção do material foi realizada num intervalo de uma semana entre a receção do conteúdo e a entrega do produto final.

Este serviço permite criar estratégias digitais de aprendizagem de acordo com as necessidades de cada organização, utilizando todo o tipo de formatos, desde vídeos, animações, infográficos, jogos, etc. Foi uma forma rápida e eficaz que muitas organizações utilizaram para enfrentar a nova realidade.

Life long Learning

Por outro lado, dúvidas surgiram: Como capacitar as equipas? Como motivá-las? Como prepará-las para o que ainda está por vir?

Mais do que nunca o foco tem de ser no conceito de “aprender em movimento” – o Life long learning.

“A nossa capacidade de aprender o que vamos precisar amanhã é mais importante do que aquilo que sabemos hoje.”

(George Siemens, teórico de processos de aprendizagem na era digital)

Sob a ótica do Life long learning, a aprendizagem ocorre constantemente, tanto por meio de ações estruturadas, como as formações, quanto por meio da interação diária entre pares.

E num cenário em que as relações têm sido à distância, as ferramentas digitais tornam-se essenciais neste processo, promovendo o Social Learning – em que há uma co-criação do conhecimento, sem deixar de oferecer soluções estruturadas, como as formações síncronas ou assíncronas.

Estas ferramentas apoiam a uniformização de competências num modelo anytime, anywhere.

Planear o presente e o futuro

Este cenário é bastante desafiador mas, quando bem planeado e direcionado para as necessidades das equipas e do negócio, traz resultados significativos para as empresas que desejam contar com profissionais preparados para REAGIR aos próximos desafios do mundo BANI.

O nosso foco tem incidido cada vez mais no apoio às organizações, nomeadamente com o relançamento do Elearning Pills em 2020. Na Blended ajudamos as empresas a enfrentar um mundo BANI e o futuro que virá depois.

Neste sentido, as organizações terão acesso a formação Microlearning baseada na simplicidade, rapidez e eficácia.

Está na hora de desperdiçar menos tempo a preparar formações, reutilizar os conteúdos entre atuais e futuros colaboradores e criar uma estratégia de aprendizagem modular, totalmente adaptada às necessidades de cada organização.

José Santos

CEO – Blended