Notícias ao Minuto ⸱ 1m atrás ⸱ Abrir

Autoridades de Los Angeles já pediram um mandado com o intuito de "reconstruir a colisão rodoviária".


O Departamento do xerife do Condado de Los Angeles anunciou, esta terça-feira, que avançou com um pedido de mandado para ter acesso aos dados da caixa negra do carro onde Tiger Woods seguia quando sofreu um aparatoso acidente, na passada semana.

Em declarações prestadas ao jornal norte-americano USA Today, o delegado do xerife, John Schloegl, explicou que o objetivo passa por reconstruir a colisão rodoviária.

"Estamos a tentar determinar se foi cometido um crime. Se alguém está envolvido numa colisão rodoviária, temos que a reconstruir, para saber se houve condução imprudente, se alguém estava ao telemóvel ou algo assim. Determinamos se houve um crime. Se não houve, encerramos o caso como uma colisão normal", afirmou.

John Schloegl acrescentou, ainda, que não foi realizado qualquer pedido para a realização de uma análise toxicológica ao sangue do golfista norte-americano uma vez que, mesmo que este estivesse sobre "o efeito de drogas", o caso só seria considerado "uma infração menor se não tiver magoado ninguém a não ser ele mesmo".

Leia Também: Tiger Woods transferido de hospital para clínica

Desporto ⸱ EUA