Rtp ⸱ 1y atrás ⸱ Abrir

A Liga Diamante, o mais importante circuito do atletismo mundial, vai ter 14 provas em 2021, que decorrerão entre 23 de maio e 9 de setembro, devido à pandemia de covid-19, de acordo com o calendário provisório agora divulgado.


Em 2021, a competição deverá ter menos uma prova do que as que estavam agendadas para 2020, a maioria das quais foram canceladas devido à pandemia, informou a World Athletics, em comunicado.

O "meeting" de Gateshead, cancelado em setembro na sequência da crise sanitária, deixa de figurar no calendário, passando o Reino Unido a ter apenas uma prova pontuável para a competição, agendada para 13 de julho, em Londres, a última antes dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para 2021.

De acordo com o calendário, a prova inaugural decorrerá em 23 de maio, em Rabat, Marrocos, e será a primeira de sete a disputar antes dos Jogos Olímpicos, que deverão realizar-se entre 23 de julho e 8 de agosto.

A competição regressa em 13 de agosto, com o "meeting" de Xangai, na China, seguindo-se mais cinco provas antes da final, agendada para 8 e 9 de setembro, em Zurique, na Suíça.

Em comunicado, a Liga Diamante refere que o “calendário é provisório e está sujeito a modificações impostas pela crise sanitária mundial”, e assegura que “a saúde e segurança dos atletas são as prioridades”.

Em 2020, devido à pandemia, realizaram-se apenas oito dos 15 "meetings" previstos, todos em formato reduzido e com participação limitada, devido, sobretudo, às restrições relacionadas com as viagens.