Sapo 24 ⸱ 4 meses atrás ⸱ Abrir

O treinador Nuno Campos, antigo adjunto de Paulo Fonseca, vai assumir o comando técnico do Santa Clara, na sequência da saída de Daniel Ramos, anunciou hoje o clube da I Liga portuguesa de futebol.


O treinador foi apresentado hoje no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, ao lado do presidente da SAD dos açorianos, Ismael Uzun.

Na ocasião, Nuno Campos deixou uma “mensagem de felicidades” a Daniel Ramos e agradeceu a Paulo Fonseca o “companheirismo, o profissionalismo e a amizade ao longo de quinze anos” e à administração da SAD do Santa Clara pela “oportunidade” de treinar o clube.

“Tive abordagens dos mais diferentes quadrantes, quer do estrangeiro, quer em Portugal, mas o que me faz estar aqui é o eu acreditar neste projeto, é o eu acreditar nestes jogadores, é o eu acreditar na estrutura. É acreditar que é possível fazer um bom trabalho”, declarou.

O treinador reconheceu que a situação atual do Santa Clara “não é a ideal”, mas mostrou-se confiante de que o “futuro será brilhante”.

“Focando-me no presente do Santa Clara, quero que no futuro cresça de forma sustentada. Não adianta olharmos muito para a frente e pensarmos em coisas megalómanas, se nós, no presente, não fizermos o suficiente para que a equipa cresça de forma sustentada”, assinalou.

Nuno Campos delineou como objetivo “consolidar o Santa Clara como uma equipa estável” e do “meio da tabela” da I Liga.

“O passado recente do Santa Clara não é o campeonato da última época. Temos de ter a noção clara de que foi conseguido algo extraordinário e que não é o normal, quando ainda para mais começamos numa situação em que as coisas não estão 100% boas”, vincou, referindo-se ao sexto lugar da época passada.

Em termos de filosofia de jogo, Nuno Campos disse querer um Santa Clara a “comandar o jogo com bola” e a ser “dominador” frente a qualquer adversário.

“As minhas equipas são equipas que gostam de assumir o jogo. São equipas que gostam de ter uma dinâmica de mandar no jogo, independentemente do adversário”, declarou.

Esta vai ser a primeira experiência de Nuno Campos, de 46 anos, como treinador principal, depois de ter sido adjunto de Paulo Fonseca na Roma (Itália), Shakhtar Donetsk (Ucrânia), Sporting de Braga, Paços de Ferreira e FC Porto.

Como técnico adjunto, Nuno Campos passou ainda pelo Desportivo das Aves, Pinhalnovense, Odivelas e 1.º de Dezembro.

Em 05 de outubro, o treinador Daniel Ramos anunciou que iria abandonar o comando técnico do Santa Clara, no qual estava desde a época 2020/21, para abraçar uma "grande oportunidade" em termos desportivos e financeiros.

Dois dias depois, Daniel Ramos, que levou o Santa Clara à conquista da melhor classificação de sempre na I Liga (sexto lugar), foi oficializado como treinador do Al Faisaly, da Arábia Saudita.

O próximo jogo do Santa Clara é no sábado, diante da União de Leiria, a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal.

O Santa Clara ocupa o 15.º lugar no campeonato, com seis pontos, tendo quatro derrotas, três empates e uma vitória.

Artigos relacionados