Eco ⸱ 12d atrás ⸱ Abrir

Diogo Plantier Santos integra o departamento de corporate e real estate da Linklaters desde 2004 e conta com uma vasta experiência em temas de direito societário e imobiliário.


A Linklaters elegeu Diogo Plantier Santos como sócio da firma. O advogado integra o departamento de corporate e real estate desde 2004 e conta com uma vasta experiência em temas de direito societário e imobiliário, sendo atualmente o responsável pela área de real estate em Portugal.

Para António Soares, national managing partner da Linklaters em Portugal, esta nomeação “constitui um justo reconhecimento de todo o trabalho que o Diogo desenvolveu na Linklaters ao longo da sua carreira e é mais um exemplo da aposta que a Linklaters tem continuadamente vindo a fazer no mercado português”.

“Estamos muito satisfeitos com esta eleição, que consagra o Diogo como um advogado com os atributos que colegas, contrapartes e clientes há muito lhe reconhecem: um advogado de excelência que transporta os valores, o compromisso e a qualidade que queremos ver num sócio que representa a cultura certa no presente e para o futuro da Linklaters”, nota Marcos de Sousa Monteiro, sócio responsável pelo grupo de corporate em Lisboa.

No geral, foram eleitos 35 novos sócios de 15 jurisdições – incluindo o Reino Unido, Europa continental, Ásia, Médio Oriente e América do Norte –, representando 11 áreas de prática dos grupos de Corporate (14), Finance (17) e Dispute Resolution (4). 40% dos novos sócios eleitos são mulheres, ultrapassando a meta de 30% proposta pela Linklaters no ano anterior.

“A diversidade de talento que vemos nestas promoções, incluindo ao nível das áreas de prática e jurisdições, demonstram a força da nossa rede global e da capacidade da Linklaters em atrair, reter e investir nos nossos advogados. Estamos confiantes de que os novos sócios irão continuar a promover a cultura e os valores da sociedade e a dar aos nossos clientes segurança jurídica num mundo em mudança”, sublinha Charlie Jacobs, senior partner e chairman da Linklaters,