Observador ⸱ > 1 ano atrás ⸱ Abrir

Os militares portugueses que estão na República Centro-Africana ao serviço da ONU, voltaram a entrar em combate, desta vez com milicianos do grupo armado designado 3R.


Ler a notícia no jornal