Eco ⸱ 3d atrás ⸱ Abrir

As bolsas norte-americanas terminaram a sessão com ganhos ligeiros, com o S&P 500 e o Dow Jones a inverterem a tendência do início da sessão. Nasdaq continua a não escapar às perdas.


As bolsas norte-americanas terminaram a sessão com ganhos ligeiros, pondo fim a um ciclo de cinco sessões consecutivas de perdas. Ainda assim, o Nasdaq continuou a registar perdas, ainda que o sell-off das cotadas ligadas ao setor tecnológico tenha perdido força, depois de o presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos ter tranquilizado os investidores relativamente às preocupações relacionadas com o aumento das taxas de juro das Obrigações do Tesouro e pressões inflacionistas.

Esta terça-feira Jerome Powell discursou perante o Comité Bancário do Senado, sendo este o primeiro discurso do Presidente da Fed desde que os democratas chegaram à Casa Branca e reconquistaram o controlo de ambas as câmaras do Congresso. No encontro, Powell garantiu que a inflação não é uma ameaça para a economia e apontou uma melhoria das perspetivas para o segundo semestre. “Em geral e no acumulado dos últimos 12 meses, a inflação permanece abaixo do nosso objetivo de 2% a longo prazo“, sublinhou, depois de recentemente alguns analistas terem mostrado preocupação com um crescimento muito rápido da economia que leve a uma inflação elevada.

Ao mesmo tempo, o presidente da Fed insistiu que “a recuperação económica ainda está longe de estar completa” e salientou que vai demorar algum tempo até a economia regressar aos níveis registados antes da pandemia, pelo que é necessário manter estímulos monetários.

Neste contexto, o índice de referência S&P 500 ganhou 0,23% para 3.885,32 pontos, enquanto o industrial Dow Jones valorizou 0,14% para os 31.567,39 pontos. Ao mesmo tempo, o tecnológico Nasdaq continua a ser penalizado, tendo recuado 0,44% para 13.473,88 pontos, numa altura em que os investidores estão a vender fortemente as ações de cotadas ligadas ao setor.

Entre as cotadas mais penalizadas neste sessão esteve a Tesla, que recuou 2,19% para os 698,84 dólares, depois de ter chegado a afundar cerca de 12% esta sessão e 9% na sessão anterior. Este desempenho surge depois de o CEO Elen Musk ter comentado, durante o fim de semana, que a Bitcoin, criptomoeda na qual investiu através da Tesla, está com preços “que parecem altos”. Esta criptomoeda continua a prolongar as quedas da sessão anterior, desvalorizando 12,89% para os prolonga as quedas da sessão anterior, desvalorizando 12,83% para os 47.963 dólares, depois de ter chegado a cair 15% na sessão desta segunda-feira.

Nota ainda para os títulos da Apple, que desvalorizaram 0,11% para os 125,86 dólares.