Rtp ⸱ 29d atrás ⸱ Abrir

O Penafiel empatou hoje na receção ao Cova da Piedade, 2-2, na 29.ª jornada da II Liga de futebol, num jogo com alternâncias no marcador, expulsões e uma grande penalidade desperdiçada pelos locais aos 87 minutos.


A divisão de pontos acaba por corresponder ao que as duas equipas fizeram, embora o resultado sirva menos os interesses do Cova da Piedade, provisoriamente no 12.º lugar, com 31 pontos, cinco de margem para a zona de descida. O Penafiel, por sua vez, é sétimo, com os mesmos 38 pontos do Casa Pia.

A primeira parte mostrou duas equipas de olhos na baliza contrária, ainda que com estratégias diferentes de lá chegar.

Os locais, desejoso de fechar um ciclo de cinco jogos sem ganhar, pecaram pela ausência de quem ligasse o jogo e servisse os quatro elementos da frente, concedendo ligeira vantagem aos descomplexados forasteiros, em superioridade no meio-campo e melhores nas transições.

Na melhor situação da primeira parte, aos 25 minutos, João Amorim adiantou a bola em João Vieira, que rematou cruzado e bateu Luís Ribeiro, de regresso à titularidade, inaugurando o marcador.

Antes do intervalo, o Cova da Piedade, em vantagem no marcador, ficou a jogar com 10, por acumulação de amarelos para Alex Freitas, num lance em que o árbitro foi benevolente com o penafidelense Rui Pedro, que seria expulso, também por acumulação, aos 67 minutos.

O Penafiel chegou ao empate no início do segundo tempo, por Capela, na sequência de um canto, e logrou colocar-se em vantagem nove minutos depois, aos 59, pertencendo ao suplente Wagner o último desvio, na pequena área, após uma longa troca de passes perto da baliza de Facchini.

O Cova da Piedade não se rendeu e restabeleceu o empate aos 73 minutos, pelo também suplente João Oliveira, a concluir, na pequena área, a jogada que ele próprio iniciara, pertencendo ao Penafiel a derradeira oportunidade de vencer o jogo, mas Wagner, aos 87 minutos, permitiu a defesa a Facchini, numa grande penalidade a castigar uma falta escusada de Cícero.