Notícias ao Minuto ⸱ > 1 ano atrás ⸱ Abrir

Red devils estarão dispostos a ativar a cláusula de rescisão da jovem promessa, fixada nos 170 milhões de euros.


À margem da autêntica 'revolução' que Ronald Koeman vai preparando na equipa principal do Barcelona, a direção liderada por Josep Maria Bartomeu está empenhada em assegurar a continuidade de algumas das principais peças, entre elas Ansu Fati.

O atual contrato da jovem promessa é apenas válido até junho de 2022 (contempla, no entanto, mais duas temporadas de opção), mas deverá ser prolongado dentro em breve, segundo revela, esta segunda-feira, o jornal espanhol Mundo Deportivo.

As bases do novo vínculo já estarão, de resto, 'apalavradas' com o pai e o empresário do avançado de 17 anos desde o passado mês de dezembro, e incluirão um significativo aumento, não só no ordenado,  como também na cláusula de rescisão.

Esta deverá passar dos atuais 170 para os 400 milhões de euros. Uma decisão 'forçada' pelo Manchester United, que, escreve a mesma publicação, se terá mostrado disposto a pagar o valor em causa para levar Ansu Fati, face à resistência do Borussia Dortmund em abrir mão de Jadon Sancho.

Leia Também: Ansu Fati rescinde com irmão de Messi e assina com Jorge Mendes

Artigos relacionados