Notícias ao Minuto ⸱ 2mês atrás ⸱ Abrir

A bolsa de Nova Iorque iniciou hoje a sessão em terreno misto, um dia depois de o índice alargado S&P 500 ter encerrado com um novo recorde.


Às 15:10 (hora de Lisboa), o índice Dow Jones subia 0,33% para 35.714,70 pontos e o Nasdaq, dominado pelas tecnológicas, recuava 0,38% para 15.157,04 pontos.

O índice alargado S&P 500 subia 0,08% para 4.552,89 pontos, depois de ter encerrado a sessão anterior a estabelecer um novo máximo (4.549,78 pontos), superando o fixado em 02 de setembro.

Entre as 30 cotadas do Dow Jones, destacavam-se os ganhos da American Express (5,15%), do banco Goldman Sachs (1,69%) e do Walmart (1,49%).

A American Express apresentou um lucro de 1.826 milhões de dólares no terceiro trimestre deste ano, 70% acima do registado há um ano. O lucro por ação foi de 2,27 dólares, entre julho e setembro.

Em sentido contrário, a Intel recuava 10,93% após ter divulgado resultados que não convenceram os investidores.

Hoje, o Nasdaq suspendeu várias vezes a cotação das ações da Digital World Acquisition Corp, empresa que se vai fundir com a nova rede social de Donald Trump, depois de terem disparado mais de 200%. As transações já tinham sido interrompidas na quinta-feira, mas as ações acabaram por fechar com um ganho de 357%.

O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump anunciou o lançamento de uma rede social própria, denominada "Truth Social", depois de ter sido banido em janeiro do Twitter, do Facebook e do YouTube.

A rede social deverá ser lançada no primeiro trimestre do próximo ano, de acordo com um comunicado de Trump.

Na sessão anterior, a bolsa nova-iorquina encerrou também mista.

Leia Também: S&P500 estabelece novo recorde em Wall Street

Artigos relacionados