Not√≠cias ao Minuto ‚łĪ 7d atr√°s ‚łĪ Abrir

A habitação 'Los Goluditos' é feita de materiais sustentáveis que gastam menos energia e tem uma pegada ecológica reduzida. A empresa responsável pela realização deste projeto é a 100x100biopasiva.


A empresa 100x100biopasiva, especializada em construir e comercializar imóveis de madeira focados no desempenho energético, instalou uma casa unifamiliar na zona de Soto del Real, em Madrid (Espanha). Esta habitação, denominada 'Los Goluditos', é feita de materiais sustentáveis que gastam menos energia e tem uma pegada ecológica reduzida.

‚ÄúO mais importante √© a sa√ļde das pessoas que moram nesta casa e, por isso, foram utilizados materiais naturais e reciclados de baix√≠ssimo impacto ambiental‚ÄĚ, revela Ander Echevarria, diretor t√©cnico comercial da 100x100biopasiva, ao idealista.

Baseada no padrão Passivhaus, a casa de 180 m2 foi construída com base numa estrutura industrializada de madeira de florestas sustentáveis, sendo que o seu custo energético total não ultrapassa os 32 euros mensais.

"√Č poss√≠vel ter hoje um gasto energ√©tico total de 32 euros (taxas inclu√≠das) numa habita√ß√£o de 180 m2 em Madrid? Sim √© e aqui est√° o exemplo", escreve a empresa na sua p√°gina de Facebook.

No que concerne ao preço, a empresa "por confidencialidade" não o disponibiliza. No entanto, enfatiza que "o custo de um apartamento com 180 m2 e com certificado Passivhaus pode rondar entre os 1.400 euros por m2 e os 1.500 euros por m2."

Outros dois aspetos que se destacam neste im√≥vel √© o seu isolamento que √© feito com a tecnologia Naturoll, uma l√£ mineral de vidro fabricada com materiais de origem vegetal, e as paredes que t√™m 20 cent√≠metros de espessura, tal como o telhado, para melhorar a ac√ļstica, escreve a plataforma.

Por sua vez, a  'Los Goluditos' também faz a gestão da água de forma eficiente. Isto porque possui um purificador biológico com filtro de fibra de coco, que permite reaproveitar a água para ser posteriormente usada nos jardins e casas de banho, por exemplo. Paralelamente, a casa está também equipada com torneiras de baixo consumo, carregador para veículos e instalação fotovoltaica.

Leia Também: Suécia. Conheça a casa que "só precisa de um smartphone para funcionar"