Notícias ao Minuto ⸱ 1m atrás ⸱ Abrir

O administrador da SAD portista Vítor Baía criticou hoje a demora do castigo de 15 dias aplicado ao treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, que deverá falhar os encontros com Vizela e Benfica.


À margem da comemoração do centenário do primeiro jogo entre as seleções de futebol de Espanha e Portugal, disputado por antigas 'estrelas' no Pavilhão João Rocha, e que terminou com a vitória dos espanhóis (7-4), o antigo guarda-redes luso pediu também uma reflexão.

"Acima de tudo o tempo que demorou esta decisão. Há que refletir e encontrarmos o porquê de ter demorado tanto a sair esta decisão. É demasiado tempo e precisamos de saber o porquê e onde esteve o mal da demora", lamentou.

Questionado se a eventual ausência do técnico 'azul e branco', assim como a do seu homólogo Jorge Jesus, pode prejudicar o espetáculo dos 'oitavos' da Taça de Portugal, no dia 23, diante do Benfica, Vítor Baía "espera que não" e acredita que os jogadores estão lá para fazer "o melhor possível".

Sérgio Conceição já esteve ausente do banco do FC Porto no jogo da Taça da Liga, frente ao Rio Ave, e deverá falhar também o jogo de domingo frente ao Vizela, para a I Liga portuguesa de futebol, e a partida com os 'encarnados'.

O FC Porto, que tinha recorrido para o TAD, depois de o pleno do Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ter rejeitado o recurso do treinador dos 'dragões' à suspensão de 15 dias, viu hoje o Tribunal Central Administrativo Sul (TCAS) indeferir o pedido para suspender o castigo de 15 dias.

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, foi suspenso por 15 dias devido a declarações sobre a arbitragem no encontro com o Belenenses SAD, em fevereiro. Além da suspensão, o treinador dos 'dragões' terá ainda de pagar uma multa de 7.650 euros, pelas declarações após o encontro da 17.ª jornada da edição passada da I Liga.

Em declarações à SportTV no final da partida, Conceição considerou que dois jogadores do Belenenses SAD deviam ter sido expulsos e que ficou por marcar um penálti que "é penálti em todo o lado do mundo".

"Hoje fomos enganados. Fomos roubados", disse Sérgio Conceição.

Caso tenha de cumprir a sanção, o treinador do FC Porto corre o risco de falhar os próximos jogos dos 'dragões'.

De resto, o 'clássico' da Taça de Portugal frente ao Benfica, agendado para 23 de dezembro, poderá ser disputado sem nenhum dos treinadores principais nos respetivos bancos, já que o técnico do Benfica, Jorge Jesus, também se encontra a cumprir um castigo de 15 dias e vai falhar, pelo menos, a próxima partida das 'águias', com o Marítimo, para a I Liga, no domingo, após já ter ficado afastado do duelo com o Sporting da Covilhã, na quarta-feira, para a Taça da Liga.