Notícias ao Minuto ⸱ 1m atrás ⸱ Abrir

A comissária europeia para a Democracia e Demografia, Dubravka Suica, disse hoje estar "ansiosa por ver os resultados" da plataforma que será lançada no âmbito da Conferência sobre o Futuro da Europa, organizada pela presidência portuguesa da UE.


"O lançamento da plataforma digital [...] permitirá aos cidadãos partilhar as suas ideias, preocupações, esperanças e sonhos em todas as línguas oficiais da UE. As coisas estão a acelerar e eu estou ansiosa por ver os resultados", salientou, em comunicado, Dubravka Suica, que integra o comité executivo da Conferência, em representação do executivo comunitário.

A plataforma digital multilingue que vai permitir a todos os cidadãos da União Europeia participar na Conferência sobre o Futuro da Europa será lançada em 19 de abril, foi anunciado na quarta-feira.

Pela primeira vez a nível da UE, os cidadãos terão a oportunidade de apresentar as suas ideias, comentar as ideias de outras pessoas, criar e participar em eventos.

Através dessa plataforma, os cidadãos de toda a Europa "vão poder dar a sua opinião sobre qualquer tópico que considerem importante para o futuro da UE", "apresentar as suas ideias, comentar as ideias de outros, criar e participar em eventos" para discutir o futuro da UE, precisaram, em comunicado, o Parlamento Europeu, o Conselho da UE, a que Portugal preside neste semestre, e a Comissão Europeia.

"A plataforma será o núcleo central da Conferência, um local onde todos os contributos serão reunidos e partilhados" e vai ter "um mecanismo de 'feed-back' [que] irá agregar e analisar os pontos-chave levantados para que possam ser tidos em conta", além de uma lista, e um mapa, dos eventos organizados a nível local, regional, nacional e europeu.

A Conferência terá como 'hashtag' oficial #TheFutureIsYours (O futuro está nas suas mãos).

A decisão de lançar a plataforma a 19 de abril, ainda antes do lançamento formal da Conferência sobre o Futuro da Europa - previsto para 09 de maio, Dia da Europa, em Estrasburgo - foi aprovada na segunda reunião do comité executivo, copresidido por representantes das três instituições: a secretária de Estados dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, a comissária Dubravka Suica e o eurodeputado Guy Verhofstadt.

A Conferência sobre o Futuro da Europa é presidida pelo primeiro-ministro, António Costa, porque exerce até 30 de junho a presidência rotativa do Conselho da UE, pelo presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, e pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

Ela visa permitir aos cidadãos participar na reformulação das políticas e instituições da UE.