Observador ⸱ 5 meses atrás ⸱ Abrir

O tribunal de Diyarbakir, no sudeste da Turquia, ordenou a prisão de Güven, que foi libertada em junho passado depois de cumprir 18 meses de uma sentença anterior de seis anos.


Ler a notícia no jornal
Tribunal ⸱ Justiça ⸱ Crime ⸱ Sociedade ⸱ Detenções

Artigos relacionados