Na categoria eleições

Diário de Notícias Eco Jornal I Notícias ao Minuto Observador Público Rtp Sapo 24 Shifter Sol Tek
Loading...

David Sassoli felicita Sholz e defende parceiro forte em Berlim

O presidente do Parlamento Europeu, David Sassoli, felicitou o líder socialista alemão, Olaf Scholz, pela vitória nas eleições legislativas de domingo, destacando que a UE precisa de um parceiro... →

Recontagem anula maioria feminina no Parlamento da Islândia

Em poucas horas, a maioria de 33 lugares ocupados por mulheres no Althing, em 63 possíveis, desceu para uma minoria de 30. Ainda assim, o parlamento islandês é, de longe, o parlamento nacional na... →

Agências estrangeiras destacam derrota do PS em Lisboa

A Agência France Presse escreve que “os socialistas no poder em Portugal venceram as eleições municipais de domingo, mas sofreram uma derrota surpresa em Lisboa”. As agências internacionais... →

Uma noite em que se sentiu "a democracia a fervilhar"

A grande surpresa foi a vitória de Carlos Moedas, em Lisboa, mas os sobressaltos atravessaram vários concelhos do país. A grande surpresa foi a vitória de Carlos Moedas, em Lisboa, mas os... →

Alemanha. Novo Governo deverá sair de uma aliança tripartida

Depois de 16 anos no poder, o partido de Angela Merkel teve o pior resultado da sua história. O problema não são só as gafes do sucessor da chanceler, Armin Laschet, 'os alemães querem algum tipo... →

Balanço da noite eleitoral: PS, PSD e CDS felizes; CDU insatisfeita e um Bloco apagado

No fim de mais umas eleições autárquicas, António Costa diz que o Partido Socialista "continua a ser o maior partido autárquico nacional"; Rui Rio fala de uma vitória global do PSD. A CDU falhou... →

SPD vence eleições alemãs por pequena margem, Scholz repete que tem mandato para formar governo

Ainda não é claro quem chefiará a próxima coligação. Partido Social-Democrata obteve 25,7% segundo os resultados parciais, CDU/CSU cai para 24,1%, o pior resultado da sua história. Verdes registam... →

Alemanha. CDU afunda nas urnas mas não desiste de formar Governo

Depois de 16 anos no poder, o partido de Angela Merkel teve o pior resultado da sua história. O problema não são só as gafes do sucessor da chanceler, Armin Laschet, “os alemães querem algum tipo... →

PS celebra “vitória histórica” em Vila Franca de Xira

Fernando Paulo Ferreira revelou que sua primeira medida na Câmara será avançar com a elaboração de um plano de arborização do concelho, porque o combate às alterações climáticas será uma das suas... →

SPD vence eleições alemãs com uma curta margem. Disputa eleitoral será conquistada por quem conseguir construir uma coligação

O Partido Social-Democrata (SPD) venceu as eleições parlamentares alemãs, que marcaram o fim da era de Angela Merkel, com 25,7% dos votos, de acordo com uma contagem oficial provisória anunciada... →

Com que país acordámos nesta segunda-feira? E como será o pós-Merkel na Alemanha?

Entre as redacções do PÚBLICO em Lisboa e Porto e a nossa enviada em Berlim, Maria João Guimarães, este P24 traz os sons e a análise de uma noite eleitoral entre Portugal e a Alemanha cujas... →

Os extremos esvaziam-se na Alemanha

A AFD é já hoje um partido político diminuído e o Die Link luta para se manter no Bundestag. À hora que escrevo, não se sabe ainda se o novo chanceler alemão será Olof Scholz do SPD ou Armin... →

Porto. Inabalável como granito, Rui Moreira volta a vencer

Rui Moreira foi reeleito para o seu terceiro e último mandato com 40,55%. Perde a maioria absoluta, mas revalida o poder. O Porto repetiu-se: elegeu, com 40,55% e para os próximos quatro anos,... →

Grande Lisboa. Os vencedores e os vencidos

PS recupera Loures ao fim de oito anos e segura maioria absoluta na Amadora. Chega com mandatos em Cascais, Sintra e Loures.  Com a surpresa a ser digerida na capital, na grande Lisboa a noite... →

Porto. Inabalável como granito, Rui Moreira volta a vencer

Rui Moreira foi reeleito para o seu terceiro e último mandato com 40,55%. Perde a maioria absoluta, mas revalida o poder. O Porto repetiu-se: elegeu, com 40,55% e para os próximos quatro anos, Rui... →