Criar alerta

A pesquisar holodomor

Diário de Notícias Eco Jornal I Notícias ao Minuto Observador Público Rtp Sapo 24 Shifter Sol Tek
Loading...

A brutalidade de Louçã e a humanidade de Dona Lúcia

"Os comunistas comem criancinhas", disse em 2012, a deputada do PPM, Aline Beuvink, explicando com admirável clareza a origem daquela expressão 1.«Os comunistas comem criancinhas». Em 2019, numa... →

Aline Beuvink :"Louçã fez pouco de milhões de vítimas"

Aline de Beuvink confessa que ficou ‘perplexa’ por Francisco Louçã ter levado para a televisão um discurso que fez há quase dois anos. A deputada municipal do PPM diz que o líder do BE foi... →

O Holodomor (Grande Fome) de 1932-33 na Ucrânia é o genocídio do povo ucraniano

Esta tragédia humanitária pertence aos mais cruéis massacres que o século XX viveu, apesar de ainda ser por muitos desconhecida. Nos últimos dias, surgiu uma polémica quente nos meios de... →

Todos humanos, mas uns mais do que outros

Estou farto de ser odiado só porque sou cigano, estou farto de ser instrumentalizado só porque sou cigano. Não quero ser prejudicado por ser desta ou daquela etnia, não quero ser beneficiado. Quero... →

Universos paralelos

O que querem e para onde vão? O que queremos e para onde vamos com o restabelecimento da censura? Lembro que na Constituição de 1933 consagrava a liberdade de expressão, mas instituía “o exame... →

O comunismo existiu. E foi integralmente desumano

A sociedade sem classes sociais, baseada na propriedade comum dos meios de produção e desprovida da separação de poderes, vigorou durante 74 anos. Não foi isto que Marx defendeu? Para Gabriel Leite... →

Nobel da Paz: cinco vezes em que a comida foi usada como arma de guerra e opressão, da Ucrânia à Síria

O Programa Alimentar Mundial recebeu o Nobel da Paz e presidente do comité lembrou que "a fome é uma das armas mais antigas de conflito no mundo". Assim foi, da Ucrânia de Estaline à Síria de... →

Cartas ao director

Um novo PCP? Embora não me suscite grande simpatia, pelo ser ar muito convencido e mesmo algo arrogante, confesso que gostei da entrevista que João Ferreira deu ao PÚBLICO. Com um pouco de... →

Nação valente e imortal

Artigo de opinião de Manuela de Sousa Rama, jornalista, e de László Hubay-Cebrián, empresário. Martin Luther King disse um dia: «Não me incomoda a gritaria dos violentos, dos corruptos, dos... →